Ano novo, vida nova

Na realidade, o ano é novo mas a vida continua o seu ciclo normal como se o ano não tivesse mudado. E assim quero que seja... Não fiz resoluções de final de ano. Em jeito de desejo, pouco depois da meia noite, quando quis que o tempo parasse, pedi o mesmo que peço quase todos os dias. Pedi sorte para alguém especial e pedi que o pudesse acompanhar durante o máximo de tempo possível.
2014 teve o final quase perfeito, ao contrário do seu inicio, curiosamente com os mesmos protagonistas e em localizações próximas, mas com os acontecimentos a desenrolar-se de uma forma muito diferente.
Despeço-me de 2014 com saudades e a desejar que 2015 seja apenas a continuação do que acabou por se revelar um óptimo ano.
Feliz 2015 para todos :)

Sem comentários:

Enviar um comentário