Uma espécie de saudades

Às vezes tenho saudades de coisas que nunca senti, de pessoas que nunca vi, de momentos que nunca tive. São estranhas estas saudades, talvez não lhe deva chamar saudades apesar de o sentimento ser similar. A língua portuguesa é tão rica e não tem uma palavra para isto? Bem, às tantas só acontece comigo...

6 comentários:

  1. Mas, se essas coisas não existem, como podes ter saudades?
    Sonhar ajuda!

    http://fali-vendo-me.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que não existem, para já, mas prevê-se que existam no futuro e os "sonhos" são tão reais que se assemelham a "memórias" e é daí que vêm as saudades. Não consigo explicar, acho que só mesmo sentindo...

      Eliminar
  2. Saudades de desejo. Ou desejo de saudades.

    ResponderEliminar
  3. Não és a única.
    Por vezes tenho saudades de sítios onde nunca estive.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, afinal não é assim tão estranho, ainda bem que alguém me compreende :)

      Eliminar