De uma amizade perdida take #2

Ontem à noite enviei um e-mail a alguém com quem não falo há muito tempo. Sei que ele o abriu 3 vezes (maravilhas das novas tecnologias), o que se torna completamente desnecessário visto que o e-mail em questão contém apenas uma pequena linha de texto, pelo que não necessita de ser aberto para se ler o seu conteúdo. Pergunto-me se o destinatário não está a acreditar que lhe enviei um e-mail, se não sabe se me há-de responder, ou se não sabe o que responder... o orgulho é tramado!

Sem comentários:

Enviar um comentário