Perguntas

Há perguntas que não faço, conversas que deixo a meio, dúvidas que guardo em mim.
Às vezes faço meias perguntas, às vezes digo não querer uma resposta, às vezes tento ignorar as perguntas que me invadem a mente... às vezes consigo transformar grandes dúvidas em perguntas banais e é assim que obtenho respostas, é com meias palavras que componho uma frase, em pequenos gestos que vejo sentimentos, é de pequenos pormenores que extraio personalidades, é com um simples olhar que me transmito.
Sei-te antes de tu saberes e continuam a ser tantas as perguntas... neste momento existe uma pergunta (de entre tantas), para a qual sinto já saber a resposta, e um comentário, uma verdade, que magoaria alguém e, por isso, seria provavelmente mal interpretado. Não é nada fácil desempenhar vários papéis na vida de uma só pessoa...

Sem comentários:

Enviar um comentário