Sozinha

Sozinha.
Vazia.
Decepcionada.

Sinto, talvez pela primeira vez, que nada vai dar certo, que continuo a lutar e a acreditar em coisas que não se irão concretizar. Sinto-me vazia, sem futuro, sem rumo. Do que precisamos para ser felizes? Trabalho, amor, saúde? Posso afirmar que estou preocupada com todos estes campos, os dois primeiros inexistentes, o último duvidoso. Tinha um plano, tão fácil, tão sólido, dependente de uma única coisa... agora deixei de ter e, a pouco e pouco, vejo tudo a desabar, consigo ver daqui o futuro a rir-se de mim, a ver-me aqui sozinha, despedaçada...

Hoje leram-me a sina... nada que já não soubesse... sucesso profissional, pessoal, felicidade, "vais ser muito feliz", já mo tinham dito, voltei a ouvi-lo hoje, não duvido, sei que vou ser... mesmo continuando a insistir que sou feliz, e sim sou, pergunto-me para quando toda esta felicidade que me prometem, quando vou ver a minha vida resolvida, quando?

Sem comentários:

Enviar um comentário