Que venha 2014

O nosso tempo está contado e dizem que o destino prescrito. Também desisti de o questionar, parece que por mais voltas que dê, por mais impossível que pareça, o que está destinado acontece e ainda há tanto para acontecer…

2013 foi um péssimo ano, sim foi, terminei uma importante etapa da minha vida mas ninguém sabe o quanto desejei desistir, o quando quis chorar, eu que é raro chorar, terminei mas não valeu a pena pelo tempo que tomou, pelas mudanças que me despertou, por não ter ainda conseguido voltar a ser a pessoa que era… valeram-me algumas pessoas, ainda que não o saibam, pela companhia que me fizeram, por me incentivarem a continuar, por me terem feito pensar noutros temas. Foi um ano de mudanças, novas pessoas entraram na minha vida, pessoas saíram dela, algumas pessoas entraram e saíram, velhas pessoas retornaram.
Tive tantas oportunidades e estraguei tudo tantas vezes… (lembrei-me de um sonho que tive, acho que finalmente o compreendi).

Tinha tanto para pedir, tanto para desejar, mas pedi uma única coisa para 2014, o desejo do ano anterior realizou-se, espero que desta vez não seja diferente, até porque, pela primeira vez, não pedi nada para mim, mas para alguém que me é especial.
Para 2014 quero um novo começo, porém sem nunca apagar o passado.
Sei apenas que em 2014 serei feliz, nem que, para isso, tenha que virar o mundo ao contrário.

*republicação

Sem comentários:

Enviar um comentário