Não, não fui apanhada de surpresa... senti as lágrimas a formar-se como se estivesse a viver o momento e, pela primeira vez na vida, chorei de felicidade :)

*republicação

Sem comentários:

Enviar um comentário